Se decorar uma residência não é nada fácil, cuidar do projeto de um escritório é algo ainda mais complexo. O motivo por trás disso é o fato de que, em um espaço de trabalho, a beleza não é o único objetivo da decoração. Ela também deve ser funcional e, acima de tudo, criar uma aparência profissional para o espaço.

Entre todas as escolhas que têm de ser feitas nesse momento, a definição do piso e do rodapé estão entre as mais importantes.

Isso porque, além de ter muita influência sobre a estética do projeto, esse revestimento influencia outras variáveis importantes para o conforto ambiental. Assim, qualquer erro pode comprometer seriamente a atmosfera do local.

Quer aprender mais sobre isso? Então continue lendo e confira alguns dos melhores pisos do mercado para o seu escritório, bem como algumas informações a respeito deles.

  1. Piso de tacos de madeira

Entre todos os revestimentos para o chão disponíveis no mercado, o piso de madeira natural é um dos mais populares. Formado por tábuas grossas, que mantêm as características básicas dessa matéria-prima, ele tem vantagens como:

  • Bom desempenho termico e acústico;

  • É natural e reciclável;

  • Pode ser reparado;

  • É versátil e pode ser usado nos mais diversos espaços.

Além disso, como esse material é tido como nobre, ele ajuda a criar uma atmosfera mais profissional no seu escritório.

Outra vantagem de se optar pelo piso é que é muito fácil encontrar um rodapé que combine com ele.

Nesse sentido, é possível tanto optar por uma inspiração mais clássica, escolhendo um modelo igual ao piso, quanto inovar e usar uma inspiração moderna, usando um rodapé branco independentemente da cor do piso.

Nesse caso, a escolha deve ser pautada pelo perfil da empresa, se ela é mais formal ou mais descontraída.

  1. Piso laminado

Por mais que o piso de taco de madeira tenha uma série de vantagens, ele também tem um ponto negativo bastante considerável: o custo. Trata-se, afinal, de um material extremamente nobre, o que, por sua vez, tem o seu preço.

A boa notícia é que, caso o seu orçamento esteja apertado, isso não tem que impedir que você use a madeira em seu escritório. Para isso, basta optar por uma alternativa mais em conta, como o piso laminado.

Como o seu próprio nome diz, ele nada mais é do que uma madeira que, ao invés de ser natural, recebe um tratamento industrial. Durante esse processo, ele é reduzido a lâminas mais finas, o que ajuda a baixar o seu valor para o consumidor final.

Vale ressaltar que, por mais que o valor de piso laminado seja naturalmente inferior ao do taco de madeira, é preciso suspeitar de fornecedores que o comercializem por um valor muito abaixo da média do mercado. Afinal, já dizia o ditado: O barato pode sair caro.

Na prática, isso pode significar que o estabelecimento está cortando custos que não deveria, como comprando matéria-prima de origem duvidosa. Em qualquer caso, isso pode prejudicar a vida útil do revestimento.

  1. Piso de PVC

Há quem pense que o PVC é um material feio, grosseiro e que, assim, não é apropriado para ser instalado em um ambiente profissional.

Isso, contudo, não procede. Isso porque os avanços na área de tecnologia de materiais permitiriam que esse polímero plástico se tornasse ainda mais versátil, assumindo diversos designs, como aqueles que imitam madeira e até mesmo pedras nobres, como o granito. Por conta disso, trata-se de uma opção com excelente custo-benefício para a sua empresa.

Vale ressaltar que, assim como qualquer outro tipo de piso, esse revestimento pede o uso de um rodapé de qualidade. É uma medida simples, mas muito importante tanto para evitar o acúmulo de sujeira nas quinas quanto impactos diretos na parede, danificando a pintura.

Mais uma vez, é possível optar por modelos mais em conta: o rodapé poliestireno preço, por exemplo, é consideravelmente mais baixo do que variedades mais nobres, como as de porcelanato, mas também oferece bons resultados.

  1. Piso de porcelanato

Como em boa parte do território brasileiro as temperaturas são altas o ano todo, manter os ambientes frescos é uma das missões de um arquiteto ou decorador ao fazer o seu trabalho.

Em escritórios, isso é ainda mais importante, dado que a presença de equipamentos e de muitas pessoas aumenta a temperatura em seu interior.

Felizmente, existe um piso que ajuda nessa tarefa: O porcelanato.

Além de deixar o ambiente mais fresco, eles têm uma aparência extremamente profissional, principalmente no caso daqueles com pouco ou nenhum espaço de rejunte. Para finalizar, vale a pena usá-lo com um rodapé de qualidade, como o rodapé Santa Luzia.