Os moradores de uma residência são os únicos que podem falar sobre as alegrias e esperanças após a construção ou reforma de um imóvel. Antes disso, eles devem passar por um planejamento que envolve finanças, compra de materiais de construção, contratação de mão de obra capacitada e fiscalização constante no canteiro de obras.

No caso de uma reforma de casa, em que os moradores precisam adaptar a rotina e os espaços para a recepção de tijolos, pedra, areia e peças de acabamento, o planejamento envolve ainda outros procedimentos.

Os móveis devem ficar protegidos, assim como as pessoas que têm problemas de alergia à poeira. Dessa forma, o proprietário ou responsável pela obra deve planejar para que tudo ocorra de maneira acertada, dentro de um período específico.

Esse planejamento ajuda em diferentes aspectos, como a necessidade da presença de pessoas para acompanhar a agilidade e eficiência dos profissionais, assim como a recepção de materiais utilizados e o encaminhamento para uma área apropriada como depósito.

Disposição de material e mão de obra é essencial

Dentro do planejamento proposto em um projeto da construção civil, algumas coisas são essenciais para que o cronograma seja seguido à risca: materiais disponíveis, mão de obra capacitada e ferramentas apropriadas para a realização das tarefas.

As decisões tomadas devem ter caráter técnico aplicável dentro do projeto, como a escolha de concreto polido em um ambiente que não recebe umidade, assim como a aplicação de pastilhas nos banheiros e nos azulejos na cozinha.

Cada material é apropriado para determinados espaços, garantindo a funcionalidade ao qual é destinado cada um. Seja a construção de um cômodo anexo, ou a reforma de um ambiente construído, é preciso que as instalações façam sentido, inclusive quando se trata de elétrica e hidráulica.

A presença de profissionais capacitados se faz necessário pois as tarefas realizadas demandam conhecimento técnico apropriado. O mercado disponibiliza diversas empreiteiras, que reúnem no quadro de funcionários especialistas em:

  • Alvenaria e acabamento;
  • Instalações elétricas;
  • Sistemas hidráulicos;
  • Serralheria e marcenaria.

Há outros profissionais que são necessários e também estão à disposição quando os trabalhos específicos devem ser realizados. Cabe ao responsável pela obra, um arquiteto ou engenheiro, identificar essas necessidades.

Por isso o planejamento é essencial desde o início, pois ele determina as etapas que serão realizadas. A prevenção inicial garante a contratação dentro do período correto para a aplicação das tarefas propostas, sem prejudicar o orçamento disponibilizado.

Harmonização visual a partir da pintura

Outro setor profissional que é imprescindível em uma reforma ou acabamento imobiliário está relacionado aos pintores residenciais.

As tarefas realizadas nessa área específica demanda conhecimento de superfície, as diferentes tintas aplicadas em uma pintura de fachada com aquelas que são próprias para ambientes internos, como os banheiros, cozinhas e áreas de serviços que contam com a umidade como característica em comum.

Os cômodos de um imóvel devem receber tintas próprias para a ambientação, determinados com a harmonização visual em contraponto ou acompanhando a decoração dos espaços. Isso inclui a claridade em conjunto com a iluminação natural, assim como o conforto que um quarto deve proporcionar.

A escolha das cores de tinta para sala é importante para garantir um visual que recebe diferentes equipamentos, como televisor e aparelho de som. Os móveis também entram no projeto de decoração de ambiente, com tecidos especiais para os sofás, estantes e mesas de apoio presentes nesse espaço.

Objetos de decoração com funcionalidade própria

A composição de móveis e objetos de decoração deve ornar com os acessórios necessários, como o uso da cortina para sala moderna com tecido apropriado para garantir a privacidade dos moradores e a proteção contra os raios ultravioleta que transpassam a janela.

O mercado oferece vários modelos de cortinas e persianas, combinando com a decoração ambiente em diferentes aspectos. A aplicação de objetos como quadros, porta-retratos e bibelôs promovem um espaço personalizado, aconchegante e com estilo próprio.

Ambientes que demandam uma seriedade, mesmo sendo no aspecto doméstico, podem receber uma mesa de reunião para escritório, por exemplo, para que profissionais autônomos possam atender clientes de maneira reservada.

Após todos os trabalhos finalizados, inclusive com o acerto da decoração interna dos ambientes, os moradores podem aproveitar os espaços com conforto e segurança. Aliás, a implementação de automação residencial está se tornando cada vez mais presente em casas e apartamentos, devido ao avanço da tecnologia e barateamento dos equipamentos.

Com isso, os moradores se sentem mais protegidos, levando em consideração que a segurança é reforçada com aparelhos que funcionam com bateria exclusiva e, em casos específicos, até mesmo com energia solar.