Ao montar uma empresa, existem itens que não podem deixar de receber maior atenção. O sistema elétrico, por exemplo, é um deles.

Em regiões frias, outro item que não pode faltar é um bom aquecedor à gás para fazer a calefação do ambiente.

Conheça itens que estão presentes e não podem faltar nesses dois tipos de sistema.

Eletricidade

Quadro de distribuição metálico é o local destinado ao armazenamento de fios utilizados nas instalações elétricas.

É por meio deste aparato que são tomadas as decisões sobre as cargas elétricas destinadas a cada aparelho doméstico, de acordo com a capacidade que cada fio tem de suporte.

As instalações elétricas devem ser divididas em circuitos, pois isso facilita a distribuição e manutenção dos aparelhos.

Apesar de comporem o mesmo sistema, os circuitos devem ser independentes, porque se um apresentar problemas, só as instalações ligadas a ele serão afetadas e não todas.

Nesse sentido, também é importante prever a possibilidade de instalação de novos circuitos, deixando espaço disponível para isso no quadro de luz.

No quadro não estão dispostos apenas os fios, mas também os disjuntores e fusíveis da instalação elétrica.

Para proteger a fiação que passa pelos diversos locais da construção até o quadro de luz.

É possível utilizar um aparato chamado eletroduto, pois os condutores das instalações elétricas podem ser fonte de grande perigo se não estiverem protegidas adequadamente, trazendo riscos como choques e incêndios.

O eletroduto é um excelente isolante, protegendo perfeitamente a fiação em questão. O aparato pode ser usado em tetos, paredes e lajes.

Ele oferece excelente durabilidade e flexibilidade, além de ótimo custo benefício.

O eletroduto não é apenas uma medida opcional de segurança, ele é uma exigências da Norma Regulamentadora NBR 5410, que orienta as instalações elétricas.

A montagem de eletrodutos pode ser feita em alguns materiais. Os mais comuns são o PVC e o alumínio e está disponível em versões flexível ou rígida.

Os chamados conduítes formam uma proteção em volta dos fios contra a ação da água, de exposição solar excessiva, de dobras e cortes.

Aquecimento

Outro serviço muito importante dentro de um prédio empresarial, assim como nos residenciais, é um bom sistema de aquecimento.

Seja do ambiente, com calefação, seja de água para uso em pias e banheiros. Alguns dos tipos mais populares de aquecimento são:

  • Aquecimento de água a gás;

  • Piso radiante;

  • Calefação elétrica;

  • Ar condicionado com função aquecedora;

  • Calefação com serragem;

  • Lareira de bioetanol.

A calefação é o sistema de aquecimento feita em ambientes fechados.

Ela pode ser feita de algumas maneiras, uma delas por barras de aquecimento instaladas no piso do local.

Posteriormente, o espaço é coberto com um material da escolha do usuário do sistema, podendo ser porcelanato, madeira, entre outros, garantindo não apenas a eficiência do procedimento, mas a beleza do cômodo.

O aquecimento a gás é outra possibilidade bastante adotada.

Esse sistema é muito adotado em países europeus e funciona mediante a utilização de um combustível, comumente o gás, mas existem outras possibilidades, como a gasolina.

No entanto, o gás é uma opção muito mais limpa.

O calor é distribuído aos radiadores por meio do encanamento de água.

A manutenção de aquecedor a gas deve ser feita com frequência regular, principalmente se o gás utilizado for do tipo propano.

A calefação elétrica é uma possibilidade muito vantajosa, pois está isenta de manutenção. Por meio de radiadores, a eletricidade de se converter em aquecimento para o cômodo.

Sua desvantagem é que o consumo de energia elétrica é muito elevado se o equipamento permanecer ligado por muitas horas. O ideal é que ele seja utilizado em ambientes pequenos.

O ar condicionado com aquecedor acoplado é uma excelente opção para quem precisa economizar espaço, pois une dois aparelhos em um só.

No entanto, ele só tem eficiência para ambientes pequenos e com invernos amenos, pois assim que é desligado, o calor se dissipa.

Assim como os aquecedores a gás, ele precisa de Manutenção rinnai com frequência, principalmente nos filtros.

O aquecedor com serragem é uma opção mais viável que outras que utilizam combustível fóssil, pois consome menos serragem para fornecer o mesmo aquecimento que outros combustíveis. Ele precisa de um local para a saída de fumaça.

Já a lareira com bioetanol é um móvel que não necessita de saída de fumaça.

A principal vantagem é que o etanol é uma energia limpa, mas com custo ainda elevado, frente as outras opções. Ela é recomendada para ser usada em único ambiente.

Na construção de uma empresa alguns detalhes não podem deixar de ser observados para oferecer um ambiente de trabalho adequado a todos que forem exercer atividades no local.