Obra e construção são atividades que ocorrem de forma cotidiana na sociedade e mesmo assim há muitas pessoas que não sabem como funciona um canteiro de obra e sua importância para que tudo ocorra bem durante o processo de construção e reforma.

O canteiro de uma obra é um espaço fixo ou temporário que serve para realizar o desenvolvimento de operações de apoio e execução de uma obra, sendo composto por áreas de vivencias e áreas operacionais.

Esse local precisa ser planejado e projetado antes mesmo da própria construção, manutenção ou reforma começar.

Sua presença é essencial para otimização de processos e tempo, possibilitando mais eficiência, conforto e segurança para a realização do projeto.

Planejando o canteiro de obra

O planejamento do canteiro de obras é definido como o planejamento da logística da obra, pois nesse processo é preciso definir as instalações provisórias de armazenamento de materiais, movimentação de trabalhadores e máquinas e demais objetos e equipamentos que precisarão ser aplicados para o desenvolvimento do projeto.

O principal beneficio adquirido com o bom planejamento e desenvolvimento desse setor é a promoção de agilidade para a execução da obra.

Quando se pensa na logística de deslocamento de materiais, no tempo gasto das pessoas e na organização das máquinas, percebe-se que todos esses fatores influenciam diretamente a rotina da obra no que se refere a funcionalidade na execução de cada etapa de trabalho.

Onde aplicar o canteiro?

O canteiro pode ser aplicado em diversos cenários e serve para planejar inclusive atividade como as que são relacionadas aos serviços topograficos que servem para levantar as características do local quanto ao que se refere ao solo.

Sendo aplicado inclusive para verificar a viabilidade de desenvolver as obras e projetos nos locais pretendidos.

Além disso, ele permite verificar quais são alterações que precisaram ser desenvolvidas e executadas.

Conhecido também como levantamento topográfico para loteamento esse processo é um dos principais para o desenvolvimento das demais atividades e funções que precisam ser realizadas.

Além disso, a aplicação do canteiro pode ser para o desenvolvimento de atividades mais simples e que servem para a manutenção dos espaços, mas que demandam a utilização de uma área e equipamentos que serão aplicados.

Assim até os serviços que são terceirizados dentro de uma obra usufruem do canteiro, por isso, sua organização precisa ser a melhor possível.

Como é o caso da empresa de demolição que é contratada para o desenvolvimento de muitas obras e reformas para contribuir com a modificação do terreno, quanto as suas características, bem como para serviços mais especializados e desmonte de grandes obras e armações que precisam ser modificadas ou até mesmo eliminadas.

O principal tipo de demolição que acaba interferindo muito na escolha do canteiro é a demolição mecanizada, pois faz uso de muitos equipamentos e recursos.

Outra atividade que é realizada no final das obras e reformas, mas que também demanda de um canteiro de obra é a pintura das residencias, prédios e estabelecimentos comerciais.

Desempenhando a função estética e também de proteção, a pintura demanda de um conhecimento técnico e habilidades manuais para o seu bom desenvolvimento.

Devido a isso a empresa de pintura residencial ou não, ela precisa ser desempenhada por profissionais habilitados.

Tipos de Canteiros

Pesando nisso é possível desenvolver diversos tipos de canteiros que de acordo com as suas características são mais indicados para uma determinada atividade.

Os mais utilizados são: canteiro restrito, canteiro amplo e canteiro linear.

O restrito como o nome sugere ocupa um uma área pequena e restrita e é mais aplicada quando as obras ocupam maior parte do espaço, normalmente esse modelo é mais comum em áreas urbanas, principalmente as centrais devido ao alto custo do terreno e seu aproveitamento total.

O amplo é o oposto do restrito, ou seja, a obra não ocupa a maior parte assim é possível permitir vários acessos e pontos de canteiros.

E o linear são desenvolvidos em uma única direção, tendo o acesso mais difícil e normalmente são aplicados em estradas de ferro, rodovias e redes de gás.

Elementos do canteiro

Independentemente do modelo adotado alguns elementos são característicos de um canteiro sendo eles:

  • Escritórios;
  • Portarias;
  • Almoxarifados;
  • Depósitos;
  • Centrais de cimentos.

Esse são os operacionais, mas há também os canteiros de vivencia que são relacionado as necessidades dos colaboradores que atuam no setor e por isso comportam vestiários, refeitório, ambulatórios e afins.