As construções têm recebido uma variedade diversificada de materiais que não eram usuais até há algum tempo atrás, mas que viraram uma espécie de coringa nas aplicações de decorações e acabamentos, atrelando simplicidade com eficiência em diversos modelos de ambientes residenciais e comerciais.

Áreas contam com material eficiente

A busca pela acústica perfeita é uma das maiores caçadas que os engenheiros e arquitetos vão atrás neste cenário.

Por causa do número de pessoas que moram nas grandes cidades, os terrenos ficaram menores e, em muitos condomínios e vizinhanças comuns, as casas geminadas (que dividem uma única parede) demandam um equipamento que favoreça a individualidade e privacidade de cada morador.

Até mesmo em conjuntos habitacionais, em que os prédios são construídos com um material resistente, mas com uma aplicação menor de argamassa entre os pisos dos andares, é preciso procurar elementos que diminuam os atritos de calçados.

Nesse cenário é possível contar com tapetes e o uso de borrachas nos pés dos móveis para que, no momento em que sejam arrastados, produzam o mínimo de barulho possível para não incomodar o vizinho do piso inferior.

Para isso, decoradores de interior têm indicado o uso de forro termo acústico no rebaixamento de tetos para alcançar uma ambientação de som melhor.

Além disso, é possível imprimir um local mais confortável, em questão de temperatura ambiente, com o uso de materiais que estão disponíveis no mercado.

Com relação a melhora do ambiente e melhor proveito dos aspectos, ainda é possível fazer um planejamento de aproveitamento de luz artificial com a aplicação de outros tipos de material do setor de elétrica residencial, como lustres únicos ou duplos e lâmpadas em formatos alongados, que ficam escondidos sobre as formas de gesso.

Também utilizado no rebaixamento de tetos, que ajustam o ambiente de forma regular, é possível fazer um jogo de luzes e ter diversas disposições de luminárias em um único ambiente. Isso deve ser feito de forma a atender as necessidades, conforme o uso do espaço em que o forro drywall é aplicado.

Se for preciso fazer uma instalação para esconder dutos de rede elétrica e hidráulica, este tipo de forro permite realizar uma estrutura removível, mas é muito mais comum seu uso em salas comerciais para atender diferentes espaços em uma área que é separada por divisórias.

Com isso, é possível identificar diferentes setores, em um único ambiente, como sala de reuniões, sala de diretoria e recepção.

Para as áreas residenciais, é possível fazer inúmeras adaptações com o Forro de drywall, que não precisa estar atrelado somente à aplicação no teto.

Isso porque ele pode estar presente em divisórias de quartos, criando um espaço para o closet, ou até mesmo na divisão de quartos para irmãos, com a privacidade garantida, conforme projeto aplicado por um profissional da área.

Esse tipo de produto é muito versátil dentro da aplicação da arquitetura e decoração interna, permitindo diferentes estruturas residenciais e comerciais, conforme a necessidade do empresário ou do morador.

Seu uso é empregado também no setor industrial, para ambientes específicos e, por isso, tem diversas vantagens sobre outros acabamentos internos. Entre as aplicações e vantagens do material pode-se destacar:

  • Instalação é rápida e não produz muito resíduo sólido;
  • Pode receber um acabamento de tinta;
  • Bastante resistente a vibrações e rachaduras;
  • Manutenção baixa, com mão de obra especializada.

Complementos para garantir eficácia

A eficácia na instalação de um forro de drywall nas construções pode ser garantida por suas características únicas.

Se houver a aplicação de alguns complementos, é possível que a durabilidade se multiplique por muitas vezes, durante muito tempo. É o caso da passagem de um produto impermeabilizante nas paredes internas e no teto para evitar o aparecimento de mofo, fungos e a umidade.

Para ajudar no quesito termoacústico, os profissionais que trabalham com este tipo de material indicam a aplicação de uma manta térmica para telhado durante a construção.

Para ajudar na retenção do calor, em dias quentes, e manter o calor na interior, em dias frios, esse item é o mais indicado.

Este tipo de material pode ser encontrado em diversos modelos, mas o mais comum é o de lã de vidro, que precisa ter cuidados na hora do manuseio.

Por isso, a contratação de um profissional é o mais indicado para trabalhar na hora da instalação e identificar o melhor modelo para atender as suas necessidades.

A manta termica pode ser utilizada, também, em espaços entre a parede e a aplicação da placa de drywall para ajudar no conforto térmico e acústico do ambiente, deixando todo o espaço mais aconchegante.