A escolha do material de construção deve ser de acordo com o que será construído. Para cada ambiente, piso e espaço de lazer, os tijolos, a areia, o cimento e as pedras utilizadas para a composição da obra devem ter a densidade necessária para suportar toda a estrutura que será montada a partir de um projeto arquitetônico.

O acompanhamento de um profissional, junto à mão de obra especializada, também são fatores que irão refletir no final da construção.

Escolha o material de acordo com o ambiente

Para pisos diferenciados, é possível encontrar no mercado de materiais de construção a forma para lajota de concreto, que permite aplicar diferentes estilos no chão, da passagem de entrada e, até mesmo, em ambientes internos, dependendo do tipo de decoração que será feita no interior da construção.

A vantagem deste tipo de produto está na economia de pisos e também na facilidade de aplicação de outros tipos sobre este.

É possível utilizar uma argamassa porcelanato, que vai por cima do concreto, e utilizar pisos mais nobres, como o porcelanato, que valoriza os ambientes onde é aplicado.

Em espaços como cozinhas e banheiros, os pisos frios são mais comuns, pois facilitam a limpeza e o contato com a água e a umidade.

Já nos quartos e salas, o uso de pisos mais aconchegantes, que permitem um conforto térmico, são mais comuns e fáceis de instalar. O importante é estar de acordo com a decoração escolhida, podendo ir do rústico ao moderno.

Na área externa de uma construção, os materiais escolhidos para o quintal, a garagem e a área de lazer, devem ser muito bem aplicados, pois é onde a passagem de veículos pode deformar o chão se não for feito um trabalho na estrutura que suporte grandes pesos.

A utilização de bloquete de concreto é muito comum e permite que a infiltração da água no solo não se acumule e crie poças d’água indesejadas.

Dentro de uma área gourmet, a escolha correta de tijolos que comporão uma churrasqueira ou um fogão à lenha, por exemplo, deve estar de acordo com a caloria suportada por este tipo de material.

O direcionamento de chaminés e saídas de fumaça deve ser instalado de forma que não incomode a vizinhança, para evitar atritos. A instalação de calhas e depuradores de ar deve ser considerada em determinado momento, para que tudo funcione de acordo.

Escolhendo o material de construção correto para cada ambiente, é também possível evitar problemas futuros como:

  • Infiltrações nas paredes onde não há laje;
  • Telhado envergado por causa de madeiramento insuficiente;
  • Jardins descuidados e que atraiam insetos indesejados;
  • Déficit de iluminação em ambientes internos.

Esses problemas podem ser resolvidos com aplicação de produtos que não permitam a infiltração de água na laje; madeira correta para telhamento; plantas ornamentais bem cuidadas; janelas posicionadas de acordo com o movimento do sol, tendo maior aproveitamento da luz natural na maior parte dos cômodos da casa.

Por isso é preciso fazer um planejamento de acordo com o que será feito, para que o barato não saia caro em outros tempos.

Piscinas precisam de cuidado especial

Para quem tem o privilégio de poder instalar piscinas no quintal, para a diversão da família e dos amigos, os cuidados com os produtos para a instalação devem ser redobrados.

Para evitar a infiltração de água em locais como a casa de máquinas, o ideal é o uso de rejunte para piscina, que dispõe de uma grande resistência à umidade e permite um melhor aproveitamento do espaço sem haver preocupações em relação à água espalhada.

Ao redor da piscina, é possível fazer o uso de produtos que têm o objetivo de proteger muros e paredes próximas à área de lazer. O emprego de pintura epóxica nestes locais vai evitar o acúmulo de água e impedir a infiltração nas estruturas.

Sem o uso deste tipo de material, é possível que, em pouco tempo, surjam pontos de mofo e fungos, podendo causar doenças respiratórias.

Dentre todos os cuidados que se deve ter na construção de uma casa, a escolha dos materiais é primordial para ter uma obra sólida, que não sofra com as alterações climáticas que ocorrem durante o ano todo, indo do frio ao calor, em curtos períodos.

As chuvas e ventos também são agentes que podem prejudicar as estruturas se o material de construção não for de boa qualidade.