Vai reformar? Conheça as escadas mais utilizadas

As escadas são parte integrante de qualquer casa ou escritório que tenha mais de um nível. Por isso, em um projeto de construção ou reforma, o tipo de escada também é uma consideração muito importante.

Ao considerar uma nova escadaria, pense nos membros da sua família e como eles usam as escadas para fazer a melhor escolha, pois cada tipo tem suas vantagens. Conheça os diferentes tipos de escadarias e as considerações para cada um:

  • Escada reta;
  • Escada em formato L;
  • Escada em formato U;
  • Escada em espiral;
  • Escadaria dividida;
  • Escada flutuante.

Se você tem pouco espaço, lembre-se que o vão livre das escadas pode ser usado como armário. É só entrar em contato com uma empresa de moveis sob medida e idealizar a melhor forma de utilizar esse espaço.

Escada reta

Uma escada reta é o estilo mais comum. O design da linha reta significa que a escada não precisa de nenhum suporte especial e só precisa ser anexada na parte superior e inferior. Este tipo de escada também permite a instalação mais fácil de corrimões.

Naturalmente, há variações da escada reta que incluem tirantes abertos, materiais modernos e trilhos de cabo de metal que alteram significativamente a aparência básica.

Caso você tenha uma sala com pé direito alto e está considerando uma escada reta que precisará ter mais de 3,5m de altura, será necessária uma aterrissagem central.

Este tipo de escada é, geralmente, usado em edifícios comerciais, não em casas particulares. Isso porque, ela ocupa uma quantidade maior de espaço linear, o que pode realmente afetar seu design.

No entanto, se for para um espaço comercial, lembre-se de que a limpeza de granilite deverá ser constante, dependendo do tráfego de usuários no local.

Escada em formato L

Escadas em forma de L são outro estilo comum. São basicamente uma escada reta com um giro no meio ou mais perto de uma extremidade.

Escadas em forma de L são atraentes por uma variedade de razões, principalmente, porque eles são mais visualmente atraentes. Além disso, elas tendem a ocupar menos espaço e podem ser usadas ​​no canto de uma sala.

Naturalmente, esses tipos de escadas são mais complexos de construir e, consequentemente, mais caros. Escadarias em forma de L geralmente também requerem acabamento para o pouso e a curva, que pode ser feito com sanca de gesso.

Escada em formato U

Escadarias em forma de U geralmente consistem em dois lances de escadas que vão em direções opostas com um pouso na curva.

Essas escadarias também são visualmente mais interessantes que uma escada reta. Além disso, elas ocupam menos espaço de piso linear e podem ser úteis para um projeto de canto.

Normalmente, o pouso é de tamanho generoso. Por outro lado, sua curva dificulta a movimentação de móveis maiores no andar de cima.

Escada em espiral

Embora perfeitas para espaços mais apertados, as escadas em espiral ainda são consideradas mais um estilo.

Por causa de sua natureza de contato, elas são normalmente encontradas em casas de praia e habitações urbanas compactas por causa da pequena quantidade de espaço que necessitam.

Mas lembre-se que somente uma pessoa por vez pode usar as escadas em espiral, pois a parte interna de cada degrau é estreita. Além disso, é muito mais difícil mover itens maiores para cima e para baixo em uma escada em espiral.

Lembre-se de, ao contratar uma empresa de moveis planejados em SP, informar como vai ser a sua escada e as suas dimensões para que os armários planejados caibam perfeitamente no ambiente.

Escadaria dividida

Uma escada dividida – originalmente chamada de bifurcada – é a grande dama de todas as escadarias.

Normalmente, usada na entrada de uma casa muito grande e espaçosa, a escadaria começa com um voo mais amplo na parte inferior.

Parte do caminho para cima, há um pouso generoso com dois voos mais estreitos em cada lado da seção inferior — um indo para a esquerda e o outro indo para a direita.

Escada flutuante

Geralmente uma variação em uma escada reta, uma escada flutuante consiste em degraus sem suporte.

Em vez disso, os próprios degraus estão presos à parede de uma forma que o suporte é invisível, ou pelo menos minimamente visível. Outras vezes, um suporte de vidro é usado ​​para obter uma aparência flutuante.

Pode ser uma escada de madeira, mas muitas vezes é algo como metal, vidro ou pedra.

Como visto anteriormente, o espaço sob as escadas pode ser transformado em um local valioso para armazenamento. A maneira mais comum de fazer isso é construindo armários embaixo dos tirantes, em vez de simplesmente isolar o espaço.

Uma segunda maneira é transformar cada degrau em uma gaveta, que é a melhor opção quando você não pode fazer uso total do vazio debaixo da escada.

Uma fabrica de moveis planejados SP pode te ajudar na confecção tanto de gavetas personalizadas quanto de armários com portas para o vão da sua escadaria.