Tudo o que precisa saber sobre design de interiores

O design de interiores engloba todo o planejamento e realização de um projeto de interiores, com o objetivo de aumentar a qualidade de vida.

Mais do que apenas fazer a decoração, o objetivo de um designer de interiores é otimizar o espaço e encontrar soluções inteligentes para as necessidades dos proprietários ou frequentadores daquele espaço.

Mesmo que a estética seja muito relevante nesse cenário, ela está longe de ser o único aspecto considerado.

A importância do design

A arquitetura diz respeito a disposição dos cômodos, a estrutura da casa e ao planejamento urbano. O primeiro passo quando uma casa é construída é fazer o seu planejamento com um arquiteto, estabelecendo um estilo para a construção.

Entretanto, depois de construída, é preciso que exista uma continuação para esse trabalho. Como fazer a ambientação da casa, conferindo-lhe personalidade?

Muitas vezes, não é possível reconhecer de qual cômodo da casa se trata sem a ação de um profissional de design de interiores na casa. Isso evidencia que o poder de transformar completamente um ambiente existe.

Quando se fala em design de interiores, a maioria das pessoas pensa apenas na mobília da casa. De fato, os móveis são um dos principais focos de um designer, sua escolha e disposição podem ser um verdadeiro desafio. No entanto, existem outros fatores de peso:

  • Iluminação;
  • Revestimento de piso;
  • Revestimento de parede;
  • Pintura;
  • Objetos decorativos;
  • Aproveitamento do espaço.

O projeto decorativo é responsável por transformar uma casa em um lar. É possível salientar que, embora sejam mudanças mais efêmeras, muitas das ações de decoração podem ter um impacto enorme sobre aquele imóvel.

A utilização de um tampo de mármore para o balcão da cozinha, por exemplo, valoriza o imóvel, aumentando seu valor.

Ultimamente, com a onda dos apartamentos tipo studio, é possível afirmar que não é possível morar em alguns lugares sem o trabalho de um bom designer de interiores. Os studios são apartamentos bem localizados, mas de tamanho muito reduzido.

As pessoas, geralmente jovens solteiros, procuram pelo profissional para tornar possível viver confortavelmente com a limitação de espaço.

Nesse contexto limitado, o design é capaz de criar compartimentos secretos, ilusões de amplitude, utilizar móveis funcionais e aproveitar os espaços altos para dar um toque de elegância. Sem a perspicácia da decoração, o dia a dia naquela residência seria dificultado e, talvez, impossibilitado.

Dicas de design

O primeiro passo para uma decoração interiores de sucesso é definir um estilo para o ambiente. Quais serão as referências usadas para aquele espaço?

Pode ser algo amplo, como o estilo minimalista ou o estilo rústico, mas pode ser algo muito específico, como uma decoração inspirada em determinado filme ou época.

Depois que o estilo for estabelecido, pode-se optar por algo mais sútil ou mais explícito, depende da personalidade do morador. Ao contrário do que se pensa, não é preciso desembolsar muito para conseguir uma decoração consistente e bonita.

A iluminação é um aspecto simples, mas poderoso para mudar ambientes. Pequenas reformas podem ser feitas para aproveitar melhor a luz do Sol, colocando janelas amplas ou claraboias.

Um sistema de regulação pode permitir o uso de uma luz baixa no ambiente, para uma atmosfera mais aconchegante e sofisticada.

Algumas tendências de iluminação têm conquistado o público jovem. A iluminação led ganha espaço no mercado por ser potente, durável e econômica.

Mas a principal vantagem é que seu valor estético é imenso. Como a luz pode ser colorida, muitas pessoas escolhem esse tipo de lâmpada para transformar ambientes.

O uso de fitas de LED nas sancas do teto é cada vez mais popular: a iluminação é indireta, vinda de “dentro” do teto e pode aparecer em qualquer cor desejada.

O uso de painéis de LED para destacar algum objeto decorativo é uma ótima forma de gerar um grande impacto visual com pouco. É possível utilizar esses painéis como refletores, enfatizando quadros, peças de designs famosos ou mesmo plantas e aquários.

A dica é focar em itens que chamam a atenção. A decoração de um cômodo pode ser simples e ainda cheia de personalidade se a sua parede for revestida com um material 3D, por exemplo.

A conclusão é que o design é o que dá vida a uma casa. Mais do que apenas definir quais são os melhores móveis a se comprar, é uma forma de aproveitar melhor o espaço, valorizar a casa e lhe conferir personalidade.