A importância da rede elétrica na vida das pessoas

As pessoas querem equipar suas casas com o que há de mais moderno, então investem em eletrodomésticos, sistemas de sonorização de ambientes residenciais e outros eletrônicos que proporcionam maior comodidade e funcionalidade.

No entanto, antigamente nada disso era possível, sem a energia elétrica existiam diversas tarefas que não podiam ser feitas e outras que até eram realizadas, mas com muita dificuldade.

Então, quando foi inventada, a energia começou a ganhar força e hoje está presente na vida de todas as pessoas e se tornou algo imprescindível.

A maior parte dos equipamentos usados tanto nas indústrias, como nas residências, tem como princípio a energia elétrica. No entanto, cada um tem uma fonte de alimentação própria que vai definir a quantidade necessária de tensão para trabalhar, sendo que o valor de um micro-ondas e uma geladeira, por exemplo, vão ser diferenciados.

No mais, há outras fontes de energia existentes, mas essas são presentes geralmente em máquinas industriais, são matérias-primas que vão alimentar o equipamento, como o diesel usado nos geradores, nesse caso a combustão será responsável pela geração de energia elétrica.

Outros tipos de fontes de energia encontrados são o carvão, gás, óleos e petróleo, e servem para movimentar automóveis, máquinas agrícolas e industriais.

Contudo, quando o assunto é energia elétrica, é importante pensar em como a instalação eletrica está sendo feita, isso vai evitar acidentes e garantir a segurança de todos.

Por isso, existe ainda legislações vigentes a respeito desse trabalho, são normas regulamentadoras que determinam alguns parâmetros a serem seguidos em serviços nas indústrias e residências, em concessionárias de energia e, até mesmo, nos postes de rua.

Inclusive, a obrigatoriedade do uso de equipamentos de proteção individual também está descrita na lei e precisa ser seguida para a segurança dos funcionários.

Portanto, é correto afirmar que esse serviço com energia elétrica é complexo, de modo que para facilitar para os proprietários de imóveis comerciais e residenciais, existem empresas terceirizadas que executam todas as tarefas com competência e destreza para que os clientes não precisem se preocupar com essas questões.

Assim, na hora de realizar qualquer instalação é possível contar com um especialista treinado que vai estar sempre a postos para um atendimento qualificado.

Falando agora de possíveis problemas nas construções

É importante dizer que uma instalação elétrica feita de forma errada pode causar acidentes e incêndios, por isso, é preciso reforçar a necessidade de ser feito por profissionais.

Dito isso, vale falar também que os incêndios podem ser causados ainda por outros problemas, então ter um sistema de proteção e combate a incêndio é fundamental.

Esse sistema é composto por equipamentos de proteção e combate a incêndios que vão ser instalados por toda a edificação para evitar graves problemas, inclusive, o corpo de bombeiros de cada região é responsável por verificar essas instalações para garantir que estão de acordo com as normas e permitir a circulação das pessoas.

Assim, alguns exemplos de aparelhos que compõe o sistema são:

  • Luzes de emergência;
  • Extintores de incêndio;
  • Sinalização de emergência;
  • Entre outros.

No mais, é possível ainda contar com o treinamento de combate a incêndio, esse é ministrado por profissionais competentes e com autorização para ensinar as pessoas a prestar primeiros-socorros e auxiliar o trabalho dos bombeiros.

Com isso, há a possibilidade de evitar que o incêndio se propague causando problemas ainda maiores.

Motivos para realizar manutenção periódica

A manutenção tem como objetivo garantir o bom funcionamento de todos os componentes, então ela pode se enquadrar em diversos setores, isso quer dizer que no caso da rede elétrica funciona perfeitamente para analisar se todos os componentes estão corretos ou apresentam falhas, assim é possível corrigir problemas antes que se agravam.

Nos aparelhos de combate a incêndio, tanto de uso residencial ou industrial, o ideal é garantir que estejam em boas condições, com a diferença de que se esses pararem de funcionar podem trazer grandes prejuízos, não apenas ao patrimônio, como também para a vida das pessoas.

Por esses motivos existe um prazo em que os equipamentos precisam ser trocados e avaliados, para que quando sejam necessários possam cumprir seu papel com destreza, afinal, se no momento do incêndio o extintor não funcionar pode colocar a vida de todas as pessoas do local em perigo.