5 dicas para a construção de piscinas e tipos para te inspirar

Quando vamos construir uma casa, o quintal é sempre uma parte muito específica. Isso, porque ele pode ser feito de várias formas diferentes, com diversos detalhes e possibilidades.

Por isso, é necessário estar atento aos passos necessários para que a obra tenha qualidade. Isso envolve desde o projeto de terraplenagem até a decoração. Principalmente quando o local conta com piscinas.

Além disso, se no ambiente houver crianças e animais, é preciso que os cuidados sejam ainda maiores. Ou seja, é necessário contar com ambientes seguros e aparelhos fáceis de lidar, para que acidentes, como quedas em piscinas, sejam evitados.

Dicas para a construção

Para facilitar o momento da construção da sua piscina, trouxemos algumas dicas que podem ajudar.

1. Contratar profissionais especializados

A primeira dica é também a mais importante. Para realizar essa obra, é necessário que profissionais especializados estejam à frente dos trabalhos.

Assim, contratar uma empreiteira de obras residenciais que faça quintais e piscinas é fundamental. Isso acelera a construção e, ainda, evita problemas no futuro.

Muitas pessoas acreditam que, fazendo por conta própria (ou seja, sem contratar os profissionais de maneira correta), vão economizar dinheiro. Isso é um mito, já que, com os problemas que isso pode causar, o dinheiro gasto pode ser muito maior.

2. Fazer uma piscina automatizada

A automação das piscinas é uma maneira muito mais prática de manter ela limpa e segura, sem infecções.

Essa é uma etapa para ser instalada após a construção, mas ela deve ser pensada já no início, para definir o tipo de caixa de comando piscina que será instalada e quais serviços serão executados.

3. Uma piscina boa não é necessariamente uma piscina grande

Essa é uma dica muito importante quando o assunto é a qualidade de uma piscina. Muitas pessoas, na empolgação para construírem, acabam querendo que o local seja muito maior que o necessário.

Porém, uma piscina bonita e de qualidade não quer dizer uma piscina grande, mas sim com uma profundidade adequada e com um espaço confortável. A contratação de profissionais auxilia nessa decisão.

4. Decidir formato e profundidade antes

Como dissemos acima, o que mais importa, na verdade, é a profundidade e o formato da piscina. Ela será uma piscina redonda ou retangular? O que fica melhor no espaço que há no quintal?

Assim, decidir essa questão antes de tudo também auxilia no momento da construção. Mas lembre-se: caso a residência tenha crianças, o ideal é que a piscina tenha, ao menos, uma parte mais rasa, para evitar acidentes.

5. Escolher os materiais corretos

Os materiais para a construção da piscina também são uma dica fundamental. Eles precisam ser definidos inicialmente, para que tudo seja comprado e adquirido mais rápido.

Cada tipo de material tem uma qualidade e uma vantagem diferente. Para falar um pouco mais sobre isso, vamos ver alguns tipos de piscina, como:

  • Piscina de fibra de vidro;
  • Piscina de concreto armado;
  • Piscina de alvenaria;
  • Piscina de vinil.

Tipos de piscina

A piscina de fibra de vidro tem um ótimo custo-benefício. Por serem pré-fabricadas, são mais práticas de serem instaladas e, além disso, sua construção é também mais rápida.

Apesar de ser mais dificilmente personalizada, é, também, mais barata do que outras. Por fim, a piscina de fibra de vidro apresenta facilidade de limpeza.

A piscina de concreto armado é mais complexa de ser instalada, porém sua durabilidade é muito grande. Após a construção, recebe um revestimento que pode ser de cerâmica ou azulejo. Isso faz com que a piscina apresente, também, resistência.

Outra vantagem é que esse tipo de material permite personalização de tamanho e profundidade, já que não vem pronta como a de fibra de vidro.

A piscina de alvenaria é feita com concreto e malhas de aço. Após essa parte da construção, ela recebe um revestimento que pode ser de gesso, pastilhas de vidro, azulejo, cerâmica ou porcelana. É ainda outro material que possibilita a personalização e a criação de um projeto único.

Por fim, a piscina de vinil recebe um revestimento de metal vinílico. Essa piscina é bastante recomendada quando o assunto é estética e modernidade. Apesar de os cuidados serem maiores, essa piscina apresenta, também, uma sofisticação maior.

Independentemente do tipo de piscina, é necessário que os cuidados sejam frequentes, para que a durabilidade seja real. Assim, seguir dicas e pesquisar sobre o assunto pode ser indicado.